quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

Novo sucesso da LiteForex: o prêmio "Inovador do Programa de Afiliados"




O grupo de empresas LiteForex participou da exposição internacional ShowFX Asia que foi realizada de 27 a 28 de novembro de 2010 em Jacarta (Indonésia). Qualquer evento organizado pela marca ShowFX World é um evento importante e informativo da indústria Forex que atrai a atenção de profissionais nos mercados financeiros.

A tarefa imediata do grupo de empresas LiteForex no âmbito da exposição em tão grande escala foi apresentar um projeto MultiRebate inovador. 


As condições únicas do serviço foram apreciadas pelo seu valor justo pelos organizadores da exposição e representantes competentes das comunidades independentes de comerciantes. O grupo das companhias LiteForex ganhou o prêmio de um programa de afiliados inovador trabalhando em casa ( "Programa de Afiliados Innovator") para uma abordagem inovadora para a criação de programas de afiliados e a introdução de técnicas avançadas para garantir as melhores formas de cooperação.

Durante o curso da exposição, a LiteForex realizou sorteios de prêmios em dinheiro e dispositivos modernos entre os clientes e convidados da empresa. Também um ciclo especializado de palestras de funcionários competentes da LiteForex fez parte do programa informativo do evento. O ciclo familiarizou a auditoria com os fundamentos do comércio on-line e as perspectivas de desenvolvimento dos mercados financeiros despertaram grande interesse. 
Share:

quarta-feira, 11 de julho de 2018

Posicionamento Natural: Novo Algoritmo do Google

Nosso posicionamento natural diante das mudanças no novo algoritmo do Google Penguin


Eu imagino que muitos de vocês já sabem sobre o novo medo que existe em nosso setor devido às novas mudanças realizadas pelo Google em abril de 2012. Em 24 de abril, o Google anunciou o lançamento do novo algoritmo Penguin, ou pinguim em espanhol.
Na verdade, até hoje ainda há alguma confusão sobre isso, porque ninguém ainda 100% sabe sobre seus efeitos no posicionamento natural de nossos sites ou blogs. O que você deve ter em mente é que existem mudanças notáveis ​​e, na verdade, já afetaram alguns profissionais de marketing em todo o mundo.
Podemos dizer que o novo algoritmo do Google Penguin detecta de maneira melhor os sites da Internet que usam as práticas de posicionamento de SEO para alcançar as primeiras posições no Google . Nesse sentido, esse algoritmo "caro" a priori detecta mais rapidamente os sites que excedem as técnicas de otimização onpage, colocando muitas palavras-chave em suas páginas e / ou artigos, já que o algoritmo pensa que dessa forma a qualidade do texto será está danificado e que apenas um propósito "comercial" é perseguido. 
Da mesma forma, "pune" os sites que compram links fazendo o linkbuilding de forma pouco ortodoxa ...

Os primeiros efeitos da Google Pinguim na posição Amien para Nat ura l: Negativo SEO


Share:

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

O coletivo em detrimento do individualismo

Você já leu alguma redação nota 10? Caso a resposta seja negativa aproveite este artigo e veja um exemplo de redação nota 10 no vestibular da Fuvest. Apesar de cometer alguns erros ortográficos, de pontuação e  coerência; esta redação apresentou uma argumentação muito forte, analisado muitos pormenores do tema abordado: ”O altruísmo e o pensamento a longo prazo ainda têm lugar no mundo contemporâneo?”

O coletivo em detrimento do individualismo

 ”A sociedade ocidental contemporânea, que teve sua gênese ao longo de uma série de revoluções ocorridas nos séculos XVIII e XIX, é marcada, cada vez mais, por um espírito individualista, em que não há, de modo geral, uma preocupação para com o outro nem para com o coletivo.
Ao retomar o pensamento predominante na Antiguidade Clássica, observa-se que havia uma clara preferência para ações e relações coletivas. Aristóteles, em sua obra Ética a No começo, preconiza que as relações humanas, como a política e a amizade, só podem ser construídas a partir do momento em que as pessoas desejem para os outros o que elas desejam para si mesmas. Nessa perspectiva, o esta grita afirma que uma relação verdadeira só ser construída virtuosamente, ou seja, por meio de uma prática constante de um meio termo entre excesso e a falta, com a finalidade de uma atitude altruística.
Porém, constata-se que desse o advento da sociedade moderna, com a Ascenção de uma mentalidade burguesa, estas ideias predominantes nas sociedades clássicas foram esvaindo-se em favor do egoísmo e das ações particulares.
A partir da disseminação desta nova concepção sobre as relações humanas, observa-se que estas são marcadas, principalmente, pela fragilidade e pela superficialidade. Prova disso é o próprio desenvolvimento do sistema capitalista, notadamente após a Revolução Industrial Inglesa, que de modo irracional explorou não somente os indivíduos desfavorecidos pelo sistema, mas também a natureza em busca de matérias-primas e fontes energéticas. Este fato mostra que não há uma preocupação com o bem-estar do outro, nem mesmo com o singular e inalienável direito à vida, sendo necessário, pra mudar este quadro, uma série de sublevações e protestos por parte destes seguimentos sociais marginalizados para que houvesse a garantia da dignidade humana.
Nesse sentido, fica evidente que o homem, de modo geral, não tem mais uma preocupação de desfrutar das coisas simples da vida, como a proposta de Burle Marx ao plantar palmeiras para que as futuras reações possa, presenciar este espetáculo da natureza. Isto ocorre devido à predominância de uma cultura de massa, alienada, preocupada em ditar parâmetros e um ritmo eloquente de consumo em detrimento de uma mentalidade coletiva de bem-estar, que tenha por objetivo amenizar os hodiernos flagelos que ocorrem em todo o mundo, como por exemplo as guerras civis e a fome que ocorrem em solo africano.
Desse modo, há uma necessidade de desenvolver um mundo sustentável em vários aspectos como os sociais, os políticos e os ligados à preservação da natureza.  Nesse aspecto, partindo de uma perspectiva sartriana para “oraliser”(SIC) o indivíduo, em que este pode autodeterminar-se independentemente do sistema em que está inserido, observa-se que, mesmo a maioria adotando um pensamento egoísta, alguns indivíduos destacam-se dessa realidade e contribuem de modo efetivo para a construção de um mundo igualitário e mais justo, compartilhando, assim, um pensamento de longo prazo para a sociedade.
Ao tomar-se este posicionamento, é concebível que no mundo contemporâneo as atitudes altruísticas ainda desempenham um importante papel, que poderá expandir, de modo correto, a partir do momento em que implementar um sistema educacional capaz de transformar a mentalidade predominante.”
É interessante notar que este texto não apresenta informações  únicas, mas pensamentos comuns, muitas vezes até banalizados. No entanto,  eles foram utilizados com propriedade pelo autor, garantindo uma ótima nota

Share:

A difícil tarefa de produzir textos subjetivos


Em 2010, a proposta de redação da Unesp tinha como tema “ Felicidade: entre ter e o ser”. Se você não conhece este tema leia o artigo Proposta de Redação Unesp 2010: Felicidade: entre ter e o ser. Naquele momento muitos vestibulandos reclamaram do tema apresentado e não conseguiram desenvolver suas redações com qualidade o bastante para garantir suas aprovações, provavelmente porque este é um tema subjetivo. Tendo em isto em mente, faça um exercício de reflexão: Você conseguiria produzir uma redação nota 10 com uma proposta subjetiva? Caso a resposta seja negativa, sugiro que leia com atenção este artigo e treine este tipo de texto.

Mas afinal, qual o que significar “Subjetivo”?

O termo subjetivo está relacionado diretamente com o sujeito, ou seja, com a individualidade das pessoas. Por exemplo, quando eu escrevo “quebre as correntes” algumas pessoas podem entender, de maneira literal, que estou falando para destruir uma corrente metálica, outros, no entanto, podem imaginar que ele deve romper uma situação ou estado de espírito. O mesmo acontece quando utilizamos expressões do tipo: “a vaca foi para o brejo” para informar que estamos em um momento de dificuldade. A subjetividade, portanto, depende da capacidade das pessoas de entenderem o real significado do que é dito ou escrito.

Por que um tema subjetivo é tão difícil de escrever?

Agora que entendemos o significado do termo “subjetivo” você deve se perguntar o motivo dele ser cobrado em provas e o porquê de tantas pessoas terem dificuldade com esse tipo de texto. A resposta é bem simples: ao escrever um texto subjetivo, muitas vezes nos esquecemos de que o leitor pode não entender o que tentamos dizer.
Para solucionar este tipo de problema é interessante transformar o “subjetivo” em algo “objetivo”. Fazendo isso, certamente o leitor terá uma compreensão maior dos nossos pontos de vista. No exemplo que citei no começo deste artigo foi pedido que o estudante escrevesse sobre a felicidade, não o termo subjetivo em si, mas sim a diferença entre ter algo ou ser algo. Assim, os examinadores tinham como o objetivo que o estudante trabalhasse o que é importante para ser feliz? Se para ele é necessário riquezas, prazeres, tecnologia, sucesso profissional e pessoal? Ou simplicidade, tranquilidade, renúncia às grandes ambições, busca do bem estar individual na autenticidade do ser, na natureza e na própria natureza humana?

Para tanto o estudante deveria argumentar de maneira objetiva os motivos que o levam a acreditar que ter determinadas coisas resulta em felicidade, ou se ser determinado tipo de pessoa é o necessário para ser feliz. Parando para analisar, o examinador não está preocupado com o que você acha correto, mas com os motivos OBJETIVOS que o faz ter tal posicionamento. Por exemplo, uma pessoa pode afirmar que “sendo bem sucedido em seu trabalho um indivíduo está mais propenso a ser feliz, visto que a atividade que escolheu lhe traz facilidades para o mesmo e para sua família“, perceba que utilizei o termo “propenso”  para evitar a duplicidade de entendimento e resguardar a possibilidade desse indivíduo ser infeliz e contradizer toda minha argumentação.
Acredito que seguindo esta linha de raciocínio você não terá problemas com textos subjetivos, desde que demonstre claramente o que faz você pensar desta maneira e não de outra. Espero que tenha os ajudado na difícil tarefa produzir textos objetivos em cima de uma proposta objetiva. Todavia, caso não tenha sido claro o bastante no artigo, terei o prazer de esclarecer suas dúvidas desde que apresentadas nos comentários deste artigo.

Share:

3 etapas básicas para o marketing na Internet

Neste artigo, vou explicar as três etapas básicas do Marketing na Internet , por que muitos empreendedores não estão bem? Também lhe darei algumas chaves para levar seu Marketing na Internet para um nível melhor.
Recentemente, revisei os recursos projetados para ensinar Marketing na Internet, mas não apenas os materiais de apresentação, também conteúdo que vai além dos iniciantes e que se destina a fazer milhões online.
Daí a minha conclusão de que o Marketing na Internet é realmente muito fácil. Em termos simples (vou explicar em breve), a estrutura de uma empresa de sucesso on-line é baseada em alguns componentes, que juntos podem obter milhares  de ganhos on-line.

1,2,3 e ... Marketing na Internet!

Embora tenhamos diferentes maneiras de apresentar o que fazemos e os pequenos detalhes de um resultado variável, a maioria dos especialistas em Marketing na Internet ensina os mesmos princípios, que não são diferentes do que os profissionais de marketing diretos estão fazendo e ensinando há décadas. .
Aqui estão os tiros ..

Passo 1: Tráfego
Todos os modelos de marketing on-line são baseados no tráfego de uma forma ou de outra, e o que eu quero saber é o que os outros fazem para chamar a atenção para o seu negócio e eu tenho certeza que você também. Em quase todos os casos, uma combinação de uma, duas ou todas as três técnicas seguintes são os principais controladores de tráfego que alimentam o negócio.
Pagamento por clique : comprar o tráfego do Google AdWords é recomendado como a ferramenta mais rápida, mas também o mais esquecido. Se você fizer isso direito e você pode chegar a milhares de visitantes instantaneamente a um custo menor do que a renda, eles vão te devolver. Se você fizer isso de errado, está jogando fora o dinheiro. É uma curva de aprendizado difícil, mas para os vencedores da lucratividade é importante.
Posicionamento nos motores de busca :  Google Mais uma vez é um componente significativo desta fonte de tráfego, oferecendo milhares de visitantes para sites bem classificados (ranking). Para aqueles que são diligentes e aprendem a reforçar o conteúdo, os motores de busca oferecem um fluxo constante de tráfego livre - só demora um pouco para fluir.
Afiliados: o Marketing de afiliados é a fonte de tráfego mais subutilizada para muitas empresas na Internet, e provavelmente isso é necessário porque mais do que mecanismos automáticos são necessários para fazê-lo funcionar. É necessário relacionar, mas quando você tem os elementos certos para apresentar uma oferta vencedora para afiliados, o resultado é uma sorte de tráfego inesperada para você. O tráfego de afiliados geralmente é um tráfego de qualidade, portanto, você obtém a maior taxa de conversão e o melhor de tudo - ele só custa dinheiro enquanto ganha dinheiro, por isso é um investimento de baixo risco.
Além dessas três técnicas básicas de tráfego, existem muitos outros métodos que podem ser usados, mas se você olhar sob o capô da maioria das empresas da Internet, você encontrará que uma ou duas ou as três técnicas que mencionei são as usado para a conversão do tráfego.
Em qualquer caso, considero que a minha melhor fonte de tráfego é afiliado seguido pelos motores de busca. Para a maioria dos motores de busca, os blogs representam a maior quantidade e a fonte de tráfego mais confiável, já que os blogs são um bom impulso de conteúdo e os motores de busca adoram o conteúdo.
Passo 2: Faça uma venda
Uma vez que o tráfego flui, a próxima condição necessária para um negócio lucrativo é fazer uma primeira venda. Uma oferta de lançamento é a sugestão usual, na maioria dos casos, de um produto de informação a um preço baixo, embora um produto físico também possa dar um bom resultado (os infopublicos da noite Tv usam uma oferta de lançamento muito fraca de um produto físico que deve ser usado para identificar e abrir comunicação com clientes).
O objetivo da oferta de lançamento é gerar um cliente. Na maioria dos casos, o ganho não vem da venda deste produto (uma vez que é difícil se enriquecer com um livro eletrônico de 27 euros), é melhor aumentar o valor para o cliente que resulta dos grandes lucros (mais sobre isso no passo 3).
O produto de lançamento é importante porque abre a porta para um potencial relacionamento de longo prazo, que quando bem feito, resultará em benefícios para a empresa e para o cliente. A primeira venda também cria a janela de oportunidade para o passo que veremos em seguida - vendas adicionais e ofertas de back-end.
Passo 3: venda mais com uma margem maior
O conceito principal desta etapa é que é sempre mais fácil convencer alguém que está no processo de compra ou que comprou antecipadamente, para comprar outro produto.
A oferta inicial na etapa 2 cria a condição de compra e, em seguida, na etapa 3, vendas adicionais, pós vendas e vendas cruzadas de produtos digitais, produtos de continuidade, treinamento, consultoria, produtos físicos, seminários, conferências e tudo relevante e valioso para seus clientes, é quando você receberá os benefícios.
Embora nem todos os clientes aproveitem ofertas adicionais, a estratégia baseia-se apenas em pequenos segmentos de seus clientes que compram suas ofertas adicionais. As margens neste ponto são significativas, então a venda de um back-end pode resultar em benefícios até 10, 100 ou mesmo 1.000 ofertas de página inicial.
A idéia aqui é filtrar um grupo muito pequeno de pessoas, um subconjunto de todo o tráfego que você gera, e comprar tudo o que você oferece (ou pelo menos um produto com uma margem de lucro elevada). Estas são as pessoas que se beneficiam mais do seu negócio, mas você precisa dos três passos básicos para atraí-los e alcançá-los.
Quando você chegar a este processo de configuração, você pode determinar o valor de cada cliente pelo seu site. Você conhece a quantidade de tráfego que você recebe, quantos compram sua oferta de front-end, dependendo de qual fonte de tráfego elas provêm e quantos compram produtos back-end e vendas adicionais. A partir daí, você pode calcular o valor de cada cliente, em média, para sua empresa.
Você conhece seu valor para o cliente?
O bom de tudo é que, no mundo on-line, as coisas são mais indulgentes, uma vez que os custos são muito menores, no entanto, isso não significa que o valor do cliente seja um pouco menos importante.
Empreendedores na Internet não sofrem as conseqüências de não se concentrar nas métricas do cliente, em vez disso, podemos dar uma volta, tentar e falhar e deixar amargo e frustrado, mas não custa muito mais do que o nosso tempo. Se você investiu dez, vinte ou mesmo centenas de milhares de dólares em um negócio, você seria responsável desde o início.
Aumente o valor de cada cliente
Você sabe que uma venda única de um livro eletrônico frontal de 27 euros, e que graças a um processo de estratégias programadas e um processo otimizado de acompanhamento e que cada cliente que você converte tenha um valor de 300 euros para sua empresa, é uma ótima vantagem .
Para tirar proveito desta grande vantagem, você poderia gastar mais em publicidade paga por clique. Você pagaria motores de busca e profissionais de desenvolvimento de conteúdo. Você pode pagar mais dinheiro para as afiliadas. Todas essas coisas trazem mais pessoas para o seu negócio, resultam em uma enorme vantagem estratégica sobre seus concorrentes e um enorme aumento nos lucros.

Leia também esse post >> 4 estratégias  para escrever seus artigos 
Se você está atualizado com os últimos lançamentos no espaço de marketing na Internet, quase todos os jogadores estão colocando esse processo em prática há pouco tempo, e isso não é uma coincidência. Esses caras (e um punhado de meninas) estão tentando, compartilhando resultados e depois reproduzindo o processo e, claro, promovendo lançamentos entre eles, sempre que alguém tem um novo produto.
Como descrevi nas três etapas, não é um conceito difícil de entender, uma vez que você gaste algum tempo estudando marketing na Internet (e talvez experimente o processo como cliente de outro comerciante). No entanto, muitas coisas podem dificultar o resultado daqueles poucos que conseguem obter o milhão de euros.

Se é tão fácil - Por que não todos estão fazendo Marketing na Internet?

Os problemas estão nos detalhes. Embora a explicação que dou neste artigo pode apresentar um processo que é conceitualmente fácil de entender, uma vez que você se acostume com os conceitos básicos de marketing na Internet, é difícil fazê-lo em prática.
A maioria falha no Passo 1 - Tráfego. Apesar das melhores intenções e do trabalho duro inicial, as pessoas seguem o trabalho de forma esporádica e sem algum tipo de gratificação imediata, desistiram muito antes dos resultados chegarem.
Pior ainda, muitas pessoas iniciam um negócio na Internet com os obstáculos existentes que afetam sua capacidade de realizá-lo - coisas como hipotecas, emprego a tempo inteiro, famílias a apoiar, sistemas de crenças contraproducentes e profundamente enraizadas, expectativas pouco realistas, maus hábitos de trabalho, a incapacidade de deixar de lado o controle ou contratar ajuda quando necessário, complexos de inferioridade, baixa autoestima ou todos os tipos de obstáculos podem ser encontrados ao longo do caminho.
Para aqueles que persistem, resultados mínimos são apresentados ao longo do caminho, no entanto, após uma jornada tão longa e muito esforço, eles se sentem desapontados e desencorajados - já que a ideia é gerar muito mais dinheiro.

Vá para o próximo nível de Marketing na Internet

Trabalhadores conscientes e pessoas talentosas geralmente têm o lado direito do trânsito e podem até ganhar algum dinheiro com uma oferta de front-end ou venda de produtos de afiliados, mas eles estão trabalhando a toda velocidade, apenas para manter esse nível. A ideia de criar mais produtos para vender para vendas e back-ends adicionais, a criação de páginas de vendas, o recrutamento de subsidiárias e fazer ainda mais parece impossível - a carga de trabalho atual é sufocante o suficiente.
Eu posso atestar isso porque estou no processo inicial - na verdade, eu diria que, no momento, eu consigo apenas 10% do que eu poderia conseguir se eu fizesse outro passo com meu próprio negócio.
A vantagem que tenho é que eu não vejo como impossível dar o próximo passo, nem me aborrecer porque meu negócio se baseia em obter total liberdade antes do dinheiro. De qualquer forma, há pequenos detalhes que ainda não obtém o resultado que eu quero.
Na minha próxima parcela, eu direi o que esses pequenos detalhes são ...
Para começar sem perder tempo e dinheiro, eu quero recomendar algo muito especial, para que você possa obter resultados muito bons com o seu Negócio Online, aprenda  passo a passo, as Técnicas, Estratégias e Métodos que NINGUÉM conhece para Promover Inteligentemente o seu Negócio Online ! Participe da Aula clicando no vídeo abaixo.





Share:

4 estratégias para escrever seus artigos

Atualmente, a importância do artigo em sites e empresas baseadas na internet é imensurável. Os artigos determinam muito o sucesso e a qualidade do tráfego para uma página.
Eles se tornaram um elemento chave para um site funcionar e podemos dar e obter um benefício real.
O webmaster do site e seu proprietário devem ter o bom senso de incluir artigos em seu site que funcionam para eles e, portanto, não só obter os benefícios que eles podem dar ao seu site, mas também fornecer informações úteis para seus visitantes.
Sabe-se que os artigos são a força motriz para direcionar o  para um siteOs artigos são um fator para dar alta classificação nas páginas de resultados. Quanto maior o local, ocupa a maior fatia do bolo de fluxo de tráfego que recebe. Com uma grande quantidade de fluxo de tráfego, há mais benefícios e mais potencial para gerar outros regimes de renda também.
No entanto, não se trata apenas de preencher seu site com artigos, eles também devem atender a determinados requisitos. Esses requisitos são para obter o máximo de benefícios que um artigo dará ao seu site. Um artigo bem escrito atrairá a atenção e o interesse dos visitantes e os fará voltar para mais. Isso também os fará recomendar o seu site a outros.
Estas são algumas dicas que irão ajudá-lo na preparação de seus artigos. Abaixo, você encontrará 4 dicas que todos os artigos devem ter para que você seja bem-sucedido, você pode gerar renda e atrair um tráfego transbordante para o seu site.

• Palavras-chave e frases-chave de um artigo .

Um artigo deve sempre ser focado em palavras-chave e frases-chave. Como cada visitante na Web vai para um site, há pessoas que simplesmente estão navegando, mas que realmente estão procurando algo específico. Quando isso acontece, um mecanismo de pesquisa geralmente vai para um mecanismo de pesquisa e os tipos de palavras-chave que eles estão procurando (por exemplo, Toyota, meningite, Advogado Fiscal, aula de canta etc.). Poderia ser qualquer coisa que eles desejassem.
O importante é que você tenha um artigo que contenha as palavras-chave relacionadas ao seu site. Por exemplo, se você possui um site de peças de automóveis, você também deve ter artigos sobre carros e suas peças. Existem muitas ferramentas na Internet que oferecem um serviço para ajudar um webmaster a determinar quais palavras-chave e frases-chave geralmente são mais procuradas. Eu uso o Google Tools for Webmasters, que são por excelência, os melhores para determinar quais palavras-chave usar e escrever.

• Densidade de artigo e palavra-chave

Se você tem palavras-chave e frases-chave, você deve usá-las completamente. Um artigo deve ter uma boa densidade de palavras-chave para que um mecanismo de pesquisa "sinta" sua presença. Os artigos devem ter pelo menos dez por cento de densidade de palavras-chave no conteúdo para os motores de busca para classificar seu site alto nos resultados da pesquisa. Alcançar um alto nível é o que melhor faz os artigos de um site.
A densidade de palavras-chave é o número de vezes que uma palavra-chave ou palavra-chave é usada em um artigo. O número varia dependendo do número de palavras usadas em um artigo. Um artigo eficaz deve ter uma densidade de palavras-chave que não seja muito alta ou muito baixa. Com uma densidade muito alta, a essência do artigo está perdida e pode afugentar um leitor, bem como os motores de busca. Eu ficaria muito ansioso. Um número baixo pode ser ignorado pelos motores de busca.

• Conteúdo de um bom artigo

Além do que eu lhe disse anteriormente, você não pode simplesmente pimenta um artigo com palavras-chave. Eles também devem ser considerados bons materiais de leituraOs artigos devem ser capazes de entreter pessoas, bem como fornecer boas informações e ajudar suas necessidades. Os artigos devem estar bem escritos, com a correta ortografia e boa gramática. Se você quer que as pessoas confiem em você, faça um bom trabalho bem pensado.
As pessoas respondem bem aos números, fatos e estatísticas. Tente obter excelentes informações e tantos fatos quanto possível. Um artigo bom e bem escrito aumentará sua reputação como especialista no campo ou tópico escolhido. À medida que mais pessoas acreditam em você, poderão confiar em seus produtos.
• Artigos de links
E outra coisa importante que você deve lembrar. Se você vai enviar artigos para revistas eletrônicas e / ou contribuir com seus artigos em boletins informativos e outros sites, nunca se esqueça de incluir um link para seu site. Uma pequena caixa de recursos com uma breve descrição do seu site e sempre deve ser colocada imediatamente após os artigos que você enviou. Se as pessoas gostam do seu artigo, provavelmente, eles clicam no link do endereço para o seu site.


Share:

Popular Posts

Recent Posts